Controversa, a lei Azeredo, aprovada no Senado e em processo de revotação na Câmara, terá impactos negativos para os usuários de internet não-criminosos, já que, devido à sua amplitude de interpretações, é capaz de configurar ações corriqueiras como crimes sujeitos a ação penal. Isso pode afastar os usuários da internet e criar uma série de barreiras para novos usuários.

Um dos maiores problemas referentes a essa causa é a falta de dados estatísticos sobre crimes praticados pela internet. O debate desenvolvido sugeriu a importância de uma sistematização desses dados para que se possa prevenir e investigar os crimes sem censurar a internet.

Anúncios